Seguradoras Não Vida

Os nossos clientes estão entre os melhores do mundo. Fazem parte da nossa história. São o nosso legado.

Abarcamos todas as áreas do setor segurador: Companhias de Seguro de Vida, Companhias de Seguro Não Vida e Sociedades Gestoras de Fundos de Pensão.

O nosso principal desígnio é o desenvolvimento de soluções que sejam autênticas mais-valias para os clientes e que respondam com eficácia às suas necessidades. Ao longo do tempo temos vindo a construir soluções de qualidade e por isso relações duradouras.

Trabalhamos diariamente para colocar à disposição dos nossos clientes o nosso know-how e experiencia com a intenção de prestar um serviço único e de excelência.  Por isso cada um dos clientes possui um gestor inteiramente dedicado que conhece profundamente os desafios da companhia. Privilegiamos a proximidade e cooperação porque em conjunto somos mais fortes.

Home

Perfil

Fundada no ano de 1808 com o nome Bonança, a Fidelidade é hoje a maior rede comercial do país, chegando de norte a sul, com mais de 8 000 agentes. A sua estratégia de expansão e internacionalização abrange já países como Espanha, França, Luxemburgo, Cabo Verde, Angola, Moçambique e Macau. Neste contexto, a i2S posiciona-se como parceiro estratégico na rota da internacionalização trilhada pela Fidelidade, uma vez que toda a atividade internacional está assente na solução i2S.

A Fidelidade é reconhecida como a maior e mais sólida companhia de seguros de Portugal, sendo líder de mercado, quer no ramo Vida, quer no ramo Não vida, e registando atualmente uma quota de mercado de cerca de 26%. Desde 2001, a gestão da área de Vida está concentrada na solução i2S.

Atualmente, como parte integrante do universo da Fosun International Limited, a Fidelidade tem novos horizontes de crescimento, diversificação e valorização do seu projeto.

Cases

Eliminação de mainframe

Um dos maiores sucessos da longa história de trabalho da i2S com a Fidelidade foi a eliminação de um mainframe que sustentava gestão core dos produtos financeiros da companhia. Este mainframe resistiu a algumas abordagens de desativação, que sempre falharam, sobretudo devido à confiança que os utilizadores tinham nos processos implementados e à sua enorme fiabilidade de funcionamento e grande desempenho sustentado num monitor de transacções desenvolvido à medida.

Este sistema suportou, no início da sua exploração na Fidelidade (1979, quando da fusão com o Grupo Segurador MSA – Companhias Mutualidade, Soberana e Aliança Madeirense), a gestão de todos os produtos da companhia nos ramos vida e não vida. Até 1984, a sua função foi criar/melhorar diversos módulos: Entidades, Apólice, Sinistros, Tesouraria, Cobrança, etc. A partir do início dos anos 90 ,destinou-se a garantir toda a gestão dos produtos financeiros da Fidelidade Mundial.Considerado, por alguns, como insubstituível, constituía-se como uma das grandes referências nos sistemas informáticos da companhia. Embora fosse um sistema tecnologicamente obsoleto, com enormes custos de manutenção, possuía uma enorme credibilidade junto dos utilizadores, que depositavam grande confiança em todos os seus processos.

Foi neste contexto que surgiu o desafio de substituir o mainframe pela solução i2S. Assim, de forma cuidadosa, sustentada e progressiva, foram migrados todos os dados para a solução i2S. Esteprocesso de migração levou a i2S a mudar consciências, a ganhar a confiança dos utilizadores/informáticos e a comprovar que estava, de facto, à altura de conseguir a mesma qualidade de funcionamento a que estes estavam habituados. Os consecutivos sucessos alcançados nas diferentes etapas da migração do mainframe permitiram a criação de relações robustas de confiança entre a i2S e a Fidelidade.

É extremamente gratificante, passados estes anos, constatar que a i2S é vista com “outros olhos” e que a solução i2S é hoje o sistema estratégico escolhido pela Fidelidade para centralizar toda a gestão da carteira de produtos de vida.

Referências

Teresa Rosas | Head of IT

Voltar